Sintomas de gastrite – alguns sinais desta doença gástrica

Segundo estudos cerca de 70% da população brasileira sofre de sintomas relacionados ao estresse. Um dos sintomas mais comuns é a gastrite. Conheça a seguir alguns dos sintomas de gastrite.

Conheça alguns sintomas de gastrite

Sintomas de gastrite – alguns sinais desta doença gástrica.

A gastrite é uma inflamação mucosa nas paredes do estomago, que causa queimações estomacais e até sangramentos digestivos em alguns casos. Mas quais são as causas da gastrite?  Quais os sintomas da gastrite? Como prevenir a gastrite? Como se diagnostica a gastrite?

Essas com certeza são algumas perguntas que todos que sofrem de gastrite querem saber suas respostas, por isso hoje vamos tratar de falar um pouco sobre cada ponto, confira:

Quais são as causas da gastrite?

A causa mais comum da gastrite está relacionada a:

  • Uso frequente de medicamentos como: analgésicos e anti-inflamatórios. Geralmente depois de um logo tratamento os medicamentos podem danar as paredes do estomago e causar a gastrite.
  • Consumir álcool em excesso. As pessoas que consumem bebidas alcoólicas com frequência têm mais possibilidades de padecer de gastrite.
  • Pessoas infectadas por uma bactéria no estomago chamada de Helicobacter pylori.
  • Estresse.  Pessoas que sofrem de estresse excessivo podem ter crises de gastrite. O que chamamos de gastrite nervosa.

Também existem outras causas da gastrite, mas que não são tão comuns como:

  • Refluxo de bile.
  • Abuso de drogas, por exemplo: cocaína
  • Distúrbios autoimunes
  • Infecções com o vírus de herpes e citomegalovírus. O caso pode agravar com pessoas que tem o sistema imunológico fraco.

Quais os sintomas de gastrite?

Quais os sintomas da gastrite?

Os sintomas da gastrite podem se apresentar da seguinte forma:

  • O primeiro sinal da gastrite é uma forte queimação ou dor na região abdominal.
  • As pessoas que sofrem de gastrite apresentam quadros de vômitos frequentes e náuseas.
  • A falta de apetite está relacionada a gastrite.
  • Inchaço no estômago e gases é comum nas pessoas que sofrem de gastrite.
  • A gastrite pode levar o individuo a perder peso.

Como prevenir a gastrite?

Como prevenir a gastrite?

Algumas medidas podem ser tomadas para evitar uma possível gastrite, como:

  • Evitar consumir alimentos que contenha gordura.
  • Verificar com seu médico a possibilidade de ingerir medicamentos menos agressivos.
  • Consumir alimentos ricos em antioxidante e betacaroteno. As verduras verdes e amarelas são ricas dessas suas substancias.
  • Consumir mais fibra ajuda a prevenir a gastrite.
  • Manter uma alimentação regular, isto é, não deixar o estômago vazio para que não produza ácidos estomacais. Você pode comer de 3 em 3 horas para evitar a gastrite.
  • Reduzir o consumo de sal.
  • Tomar bebidas que contenha probióticos, como iogurtes fermentados.

Como se diagnostica a gastrite?

Exame de gastrite

Existe uma série de exames para diagnosticar a gastrite, a mais comum é a endoscopia.  Confira alguns outros procedimentos para diagnosticas a gastrite:

  • Exame de sangue. O exame de sangue feito para diagnosticar gastrite é usado para contar as células sanguíneas (CBC) e identificar uma possível anemia.
  • Testes de H. pylori
  • Exame de fezes.  O exame é feito para identificar quantidades de sangue nas fezes o que pode significar um sangramento no estômago.

Lembramos que esse texto é meramente informativo, no caso de gastrite seu médico deve ser consultado para os devidos procedimentos. Ou seja, é impossível se autodiagnosticar como portador da doença somente através de sintomas de gastrite.

Existem dois tipos de gastrite a aguda e a causada pela bactéria Helicobacter Pylori. A gastrite causada pela bactéria Helicobacter Pylori é a mais perigosa, já que segundo estudos da Unicamp mais de 70% da população estão infectados com a bactéria, mas não sentem nenhum dos seus efeitos. O maior problema é que se os indivíduos não tomam precauções à gastrite pode agravar e até ocasionar um câncer, afirmam os pesquisadores da Unicamp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *